Cotação
Dólar 3,176
Euro 3,7572
19/10 16:05
Cuiabá
Carregando...

? ºC

/

Cuiabá (MT), 20 de outubro de 2017 - 11:39

POLÍCIA CIVIL

18/10/2016 12:53

PC intensifica entrega de armamento, coletes, mobiliário e inaugura novas delegacias

Leidiane Montfort | PJC-MT

Inserida em um amplo projeto de fortalecimento da qualidade de prestação de serviço à população mato-grossense, a Polícia Judiciária Civil tem promovido melhorias em unidades de todo o Estado. Por meio de parcerias locais, firmadas entre poderes públicos e segmentos da iniciativa privada, novas delegacias foram inauguradas, além da realização de reforço em itens essenciais para atendimento ao público do serviço policial.

Para o Delegado Geral, Rogério Atílio Modelli, a Polícia Judiciária Civil “vem constantemente buscado estratégias para modernizar e atualizar equipamentos e procedimentos, no intuito de que o policial possa dispor do melhor aparato possível a fim de desempenhar de forma satisfatória o trabalho complexo que exerce”.

Armamento e coletes

Fundamental na particularidade do ofício de polícia, pelos riscos inerentes à profissão, o armamento é uma ferramenta de defesa dos policiais e também da população, o que faz com que a troca e recomposição destes equipamentos se tornem essenciais.

Além das quase 455 pistolas (modelos Taurus 640 e 840) entregues em junho deste ano ao recém-egressos nos quadros da Polícia Judiciária Civil, outras 36 submetralhadoras, 22 carabinas e espingardas CT .40, 80 pistolas PT 100, foram entregues às equipes que irão compor o Grupo Armado de Resposta Rápida (GARRA) nas regionais de Cuiabá, Alta Floresta, Rondonópolis, Sinop, e Barra do Garças, além de milhares de munições foram distribuídas aos policiais civis.

De acordo com o Diretor de Execuções Estratégicas (DEE), da Polícia Civil, Mário Dermeval Aravechia de Resende, o critério de distribuição dessas armas buscou priorizar unidades que exercem maior função operacional, caso dos Garras, as Delegacias Especializadas de Roubos e Furtos (DERFs), Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Gerência de Operações Especiais (GOE) e Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

Policiais de outras unidades do interior do Estado também foram comtemplados com a troca de armamento realizada junto à Gerência de Armas, Explosivos e Munições, vinculada à DEE, que realizou a distribuição de pistolas fazendo substituição das mais antigas.

Também foram adquiridos e distribuídos no ano de 2016, até o momento, a quantidade de 1.689 coletes balísticos (146 no padrão feminino). “Até o final do ano a PJC deve receber uma quantidade maior de coletes, o que vai permitir a substituição em completo dos coletes vencidos, incluindo coletes femininos (que possuem formato diferenciado) e suprir a carência de policiais civis sem colete”, explica o diretor da DEE.

Instalações e mobiliário

Três novos prédios foram inaugurados em 2016 para abrigar Delegacias nas cidades de Primavera do Leste, Rondonópolis e Gaúcha do Norte. As unidades foram entregues com padronização visual nas cores e layout oficial da Polícia Civil, aprovadas pela Gerência de Acompanhamento de Obras, Convênios e Projetos, vinculada à DEE.

As delegacias de Matupá, Canarana, Delegacias Especializadas do Adolescente de Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis, e a Delegacia Especializada da Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica) de Cuiabá estão inseridas no plano de trabalho anual para 2017 e em breve devem apresentar novidades em suas instalações.

Além de novos prédios, e entrega de armamento, coletes balísticos e munições, a reestruturação das delegacias passa também pela implementação e troca de mobiliário usado nas unidades de todo o Estado.

Atualmente, a DEE tem a disposição um veículo caminhão “baú” apropriado para o transporte de materiais diversos. Com ele foram realizadas dezenas de viagens para distribuição de armários, prateleiras, mesas, cadeiras, ficheiros, entre outros materiais, para as regionais de Cáceres, Água Boa, Barra do Garças, Pontes e Lacerda, Guarantã do Norte, Nova Mutum, Sinop e Alta Floresta.

De igual modo, como aconteceu com as unidades do interior de Mato Grosso, dezenas de delegacias da região metropolitana também receberam novos materiais, caso de Cuiabá, Várzea Grande, Rosário Oeste, Nobres e Jangada.

A Polícia Civil também tem realizado a recolha de materiais classificados como “inservíveis”, que estão há anos entulhados nas delegacias, como aparelhos de ar condicionado estragados e mobiliário danificado. Estes objetos são levados ao depósito da PJC, onde é realizado procedimento de baixa e analisado o que é passível de reforma. Aqueles que, após recuperação, estiverem em condições de uso serão redistribuídos em outras unidades.

“Em relação a unidades e regionais que ainda não foram contempladas, a previsão é que até o final do ano a Diretoria de Execuções Estratégicas tenha efetuado viagens para todas as regionais distribuindo materiais similares aos já entregues, e procedendo o recolhimento do material inservível”, afirma Dermeral.

Parcerias

O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) - firmado em parceria com a iniciativa privada, Ministério Público e poder executivo municipal - em muitos casos tem viabilizado boa parte dos investimentos realizados em 2016, especialmente em relação à instalação de delegacias em novos prédios no interior de Mato Grosso.

“Um exemplo recente é a nova sede da delegacia de Gaúcha do Norte (595 km ao Norte) inaugurada no mês passado e que foi possível após cooperação junto ao Ministério Público, que viabilizou, em conjunto com outros segmentos, um local privilegiado e dentro dos padrões da nossa Instituição. A contrapartida da Polícia Civil é a de exercer, de maneira competente, séria e compromissada, o trabalho investigativo na elucidação de crimes na cidade, o que de fato já vem acontecendo”, resume Mário Dermeval Aravechia de Resende.


Copyright Rede Brasil Policial. Todos os direitos reservados.

O Brasil Policial, se trata de um Projeto de Comunicação produzido pela “Rede SBCW e SBC Brasília, Projeto panteado junto ao INPI e Cartório de Registros e Documentos para jornalistas e empresários. É expressamente proibida a sua reprodução do Conteúdo e Plagiar o Projeto desta Rede de Notícias Online no Território Nacional, sujeito às penalidades previstas pelo CPB por roubo violação de Propriedade Intelectual.

O site Brasil Policial Noticias e o Jornal impresso "Brasil Integração" - Policial, são dois órgãos de Comunicação em regime cooperativistas, são instituições privadas independentes, de acordo com o artigo V Inciso XVIII da Carta Magna e de com o Artigo V da Lei Federal 5.764 de 16 Dezembro de 1971.

Todos os conteúdos veiculados e veinculando nesta franqueada "Brasil - Policial", são de inteira e legítima responsabilidades dos seus autores, proprietários identificado (s) no referido Expediente da mesma.

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo